quarta-feira, 26 de junho de 2013

Solta no mundo

Estou abafada,
presa dentro de mim mesma.
Queria dizer uma palavra apenas para minha alma sôfrega.
Há algo dentro desta alma sempre em plantão,
sempre atenta, agitada, em rebelião.
Sonhos confusos, estradas perigosas.
Palavras secretas como se o medo de pronunciá-las fosse se tornar meu castigo,
minha pena, por ousar tanto!

Vejo ao longe uma menina
andando numa bicicleta vermelha.
Tão livre, tão doce, tão inteira de si!
Já me perdi tantas vezes que nem  enxergo mais o caminho certo.
Nem o que leva a mim, aos meus desejos, a minha própria voz.

O sol bate firme na estrada de terra batida,
vermelha,
cortada por curvas, subidas, descidas, atalhos...
Sombreada pelas árvores e encostas...a menina corre na bicicleta.
Ignora os obstáculos.
Pode até cair, mas continua.

Procuro essa força da criança que cresceu em mim.
Procuro a valentia,
os sonhos verdadeiros, sem enigmas, sombras ou neblinas.
Procuro os caminhos de uma direção só: o futuro, o adiante,
o que se vê à frente, na próxima esquina,
o mais distante que as pernas puderem alcançar.

                                                             Em 01.03.2004.


                                                 *   *   *




Imagem retirada do blog: http://diariosdabicicleta.blogspot.com.br/2008/10/dirios-da-bicicleta.html


12 comentários:

Silvana Tavano disse...

Corre, menina, na sua bicicleta, solta no mundo (...). Lindo!

Pedra do Sertão disse...

Obrigada, Silvana,

A menina está correndo!

Abração

Cristina Sá disse...

Araceli,
Seu texto inspira, revela,
estimula...
beijo
Cristina Sá

Francisco Carvalho disse...

Belo poema, Araceli. De leitura fácil de prazerosa. Parabéns! Essa menininha vai longe... Grande abraço.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Chega um tempo
que precisamos diminuir
o ritmos dos passos
para que o espírito
nos acompanhe novamente,
trazendo consigo a alegria
da liberdade.

Que os sonhos
te enlacem a vida.

Rebecca Leão disse...

Lindo. Também já me senti assim tantas vezes. Encontro esta valentia algumas vezes aqui dentro perdida, mas não mais como antes. Talvez a sufoque um pouco mais, pois acho que tem horas que não cabe às mulheres serem tão valentes!
Parabéns pelo blog!
Abraço,
Rebecca
(rebeccaleao.blogspot.com)

MAOSECRETS - SP disse...

Olá ! Parabéns pelo seu blog ! Show de bola ! Adorei e vou participar !
Quando puder visite o meu blog também.

http://maosecrets.blogspot.com.br

Foi criado para pessoas apaixonadas (não possui conteúdo adulto) e é livre para todos os públicos.
Fica com Deus e um abração !

Eliana Mora [El] disse...

Uma visita que valeu a pena...e que beleza poder te desejar tudo de bom!

beijos da El

Pedra do Sertão disse...

Obrigada, a vocês, caros seguidores do Pedra...obrigada mais ainda pela leitura comentada que todos vocês fizeram por aqui!

Pedra do Sertão disse...

Obrigada, a vocês, caros seguidores do Pedra...obrigada mais ainda pela leitura comentada que todos vocês fizeram por aqui!

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.

Celina disse...

Awesome!