segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009


no vasto deserto

de minha solidão

existe uma casa bem perto

do infinito


no rastro do deserto

de minha solidão

existe um infinito bem perto

de minha casa


2 comentários:

Mulher na Janela disse...

que o infinito lhe seja o amigo para os recomeços necessários e para a felicidade sempre desejada!

um beijo!

Pedra do Sertão disse...

adoro a idéia de infinito, apesar de estar presa à finitude...
mesmo assim, quando a pedra fica diante do mar e abaixo do céu, nunca está imóvel...

um cheiro!