terça-feira, 5 de outubro de 2010

Garça






Ilhada
nos meus "se...não...talvez...",
eu como pão,
amanheço de sonhos vãos,
silencio um mundo dentro de mim,
com meus ciúmes, angústias, ausências.

Nada mal para uma viajante do tempo!


* * *


Imagem: Arquivo pessoal 2009


* * *

18 comentários:

Graça Pires disse...

Ser viajante do tempo e amar a vida...
Beijos

disse...

Esta está ilhada no tempo mesmo. bjs!

Arnoldo Pimentel disse...

Lindo demais o poema, tudo de bom pra você, saudades, beijos.

PRECIOSA disse...

Amei conhecer seu blog.
Seus texto são meigos
Sempre lembrando que em seu conteudo,tem muito amor...
Isso é muito bom lêr.
Porque sem amor, não existe viagens ao tempo...
Parabéns ´por suas escritas
Te sigo...
Preciosa Maria

RosanAzul disse...

Lindo teu poema, gostei! Parabéns!
Um bom domingo! Abraços, Rosana

Arnoldo Pimentel disse...

Tem selos de presente pra você no meu blog
http://ventosnaprimavera.blogspot.com
na postagem "Eu e o Ipê"
Passe lá e pegue, é de coração, beijos.

thanin disse...

Hello my friend, Your site is great, good job you do.

I also created many blogs but not good like yours,So please


could you exchange link with me?

Here are my blogs. you could choose to exchange ,

http://khmernewstoday.blogspot.com/

http://www.khmergay.net/

MAILSON FURTADO disse...

Belo espaço, belo BLOG

PARAbéns!!!

Acesse meu BLOG, meu espaço...

http://mailsonfurtado.blogspot.com

E conheça um pouco mais do que escrevo...

Viviane do Nascimento. disse...

Olá, professora! Lindo texto!
Estou te seguindo...
Dá uma olhada no meu:
http://loureflexos.blogspot.com/

Abraço.

Lianeide Mayara disse...

Muito linda sua poesia!!!
Parabéns pelo blog, ele é lindo!

Orestes disse...

Texto assim, profundo, só pode nascer, da cabeça de mestres!!
Grande abraço do seu admirador!

Arnoldo Pimentel disse...

Vim visitar-te e ler-te um pouco, tudo de bom pra você, saudades,beijos.

Cláudia Magalhães disse...

E lá vamos nós... levados pelo tempo. Alguns se arrastam, outros são Garças, belos viajantes que nos fazem sonhar... Parabéns pelo belo poema!

ps: Coloquei teu link no meu blog, pode ser?

Beijos.

Vânia Pereira disse...

Gostei do blog...
Siga o meu :)

beijo

Pedra do Sertão disse...

Caros e fraternos amigos,

Mês de novembro foi um grande mês aqui em Natal. Tivemos o III Encontro Potiguar de Escritores, um evento que me fez parar para voltar a escrever com um olhar para a literatura que havia parado por um tempo, por isso essa Garça presa no tempo...
Anotei na memória os comentários e as sugestões. As visitas de novos olhares...Voltem todos! abraço. Araceli

meioambienteabertoleiseabusos.blogspot.com disse...

Oi, boa noite! Gostei de tudo, os textos são muito bem elaborados, uma pequena poesia, mas que diz tanto, não é mesmo? Essa foto parece muito à foz do majestoso rio Paraíba do Sul, aqui em Atafona, São João da Barra, RJ, abraços

M. C. Garcia disse...

Olá, amiga minha! Não vou me furtar de tecer um comentário sobre o teu belo e o faço através de um outro:
ILHAS

Somos (todos) ilhas:
Ilha na dor Ilha no amor;
Se uma ilha Emana no mar
EMANA ilham
Também no amar...
Por amar ele
Ou por amar ela
Na ilha amarele...
Na ilha amarela

abraços poéticos
M. C. Garcia

BLOG DO PROFEX disse...

Viajar é preciso!
Grande abraço!