sexta-feira, 15 de junho de 2012

depois do almoço


Há um
Turbilhão de pensamentos
Dentro de mim
Querendo uma rede
De meio dia!
Um balancinho apenas:

                         Um prá lá,
                                         Um prá cá...
                  E o pé na parede
                                 Para deixar escapar
       A certeza da rigidez
                                Que comprime uma mente   
                                                            acelerada.

26 comentários:

Fiaris disse...

Para aqui y para allá,el hermoso vaivén.
abrazo.

Arnoldo Pimentel disse...

E assim meditar um pouco saboreando a natureza que entra na varanda pelos olhos.Beijos.

Assis Freitas disse...

rede dá uma sede de descanso,



abraço

Jéssica Amâncio disse...

tudo que eu queria para essa tarde de sábado :)

Pedra do Sertão disse...

Pois é, este ventinho que está fazendo dá uma vontade ficar a tarde toda nessa rede...

JFernandes disse...

são muito bons este pedacinhos de vida singela, simples, orgânica — gostei da dança da rede e da musicalidade dos versos.
Abraço
JFernandes

BAR DO BARDO disse...

filosofia

e soninho...

C.Pinho disse...

um balanço de rede, um pé na solidão, um nem sei o quê de são joão deste pobre e infeliz coração!

Maria Teresa disse...

Coisa de cotidiano verdadeiro mais que verdadeiro. Daí o encanto...
Beijo

Pedra do Sertão disse...

C. Pnho, adoro a época do São João, talvez isso tenha acalentado meu ser. Maria Teresa, também tento trazer esse cotidiano para o fazer poético. Fiquei com um pedaço desse poema dentro de um caderninho (minúsculo mesmo) que tenho para anotações no carro, na última hora, mudei uma parte e acrescentei o final. Algo que veio de repente mesmo!

Abraços

Antônio LaCarne disse...

lindo poema.
turbilhão de pensamentos que nos faz criar, crescer, observar.

grande abraço.

Pedra do Sertão disse...

Obrigada, Antônio,

Concordo com você, se eu não fosse inquieta...

Natural.Origin disse...

Depois do almoço...
:)

Eloí Bocheco disse...

Olá, querida!
Poema lindo! Não resisti e copiei.
Gracias pela passagem em minha Sala de Ferramentas. Beijão

C.Pinho disse...

Nesse nem sei o quê, falta-me:
"Nem que fosse uma mentira
Uma prece, uma ilusão,
Um pedaço dela mesma,
Uma trança, uma paixão!”

Janaina Cruz disse...

Nossa senhora, tu descrevestes a minha adolescência, no interior do Ceará, vendo as nuvens contrastando com um céu azul de mais, que acompanhavam o balando que fazia a rede impulsionada pelo meu pé na parede...

Pedra do Sertão disse...

Janaína, tão bom ter essas imagens na memória, não é?

C. Pinho, obrigada pelo post desta semana!

Abração

C.Pinho disse...

Falou!
Ôpa, é São João, vou pular da rede,
Abração.

Janaina Cruz disse...

Pois bem querida, temos ainda mais isso em comum: Nossa terrinha, Juazeiro do Norte, sou de lá, embora já tenha bolado por todo o Nordeste, e minhas poesias e os meus devaneios e razões.

Juazeiro nunca sairá de mim também, foi em Juazeiro que aprendi a ser poeta, cada vez que partia e voltava Juazeiro estava maior, hoje já tem ares de capital, mas algumas ruazinhas continuam como no passado, as pessoas nas calçadas confundidas com a pressa do progresso...

Aiiiiiiiiiiiii que saudade de lá!!!

Eu também já morei em Fortaleza, no bairro de Fátima, pra você ver, quantas outras coisas mais em comum não temos nós hein?

Crista disse...

Nada como um embalar na rede para acertar os pensamentos!!!
Beijosss...

Felicidade Clandestina disse...

tão simples e belo.



obrigada pela visita, querida :)

Janaina Cruz disse...

Cade você conterrânea? Saudades de seus novos textos, ou seja, saudades do futuro... rs

Evanir disse...

Olá,minha linda venho saber se esta tudo bem contigo?
De noticias por favor.
Linda semana beijos,Evanir.

Luis Rodrigues disse...

Não és a única, nem eu pelos vistos :)

Sol Estrelado disse...

Olá... Nem sempre sabemos e nem temos o dom da palavra, uns só sabem sentir a essência do sentimento ou momento, porem não consegue traduzir em palavras, admiro as pessoas que conseguem coordenar as palavras e conseguem transcender.
Beijos com raios de sol.
Sol.
http://solestrelado.blogspot.com.br

David C. disse...

Bonita inspiración.
Un gusto.
David